ACE Batatais completa 38 anos de fundação no próximo dia 25 de agosto

No próximo dia 25 de agosto, quinta-feira, a ACE Batatais (Associação Comercial e Empresarial) completa 38 anos de fundação. Já são quase quatro décadas de muito trabalho que se apresentam em forma de desenvolvimento, representatividade e força econômica, política e social. Em entrevista ao Jornal Empreenda, José Marcelino Krempel, um dos fundadores da entidade lembra em detalhes a história de como nasceu a ACE Batatais.

Segundo Krempel, a Associação Comercial de Batatais já existia antes de 1978. Ele afirma que a primeira fundação foi em 1933. Porém, não se sabe porque e nem como, ela acabou, sendo fundada novamente décadas depois. Na época, Krempel comenta que havia um serviço de “Proteção ao Crédito” em Batatais, uma espécie de SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), que estava sob a responsabilidade de um senhor chamado José Prévide, que era proprietário de um cartório de imóveis e tinha uma sala com o departamento.

“Ainda me lembro como se fosse hoje. Havia cerca de 15 comerciantes apenas associados a esse serviço de averiguação de crédito. Fui ao Cartório de Registros e fiz uma pesquisa, constatando que não havia nenhum registro sobre uma associação comercial na nossa cidade, nem um dado sequer de que um dia ela existiu. Pode ter existido de fato, mas não de direto.

Convidei o Rubens Rampim, o Zequinha da Jumil, o Jesus Montoaneli e fizemos algumas reuniões juntos. Fui à São Paulo na FACESP (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo) para montarmos o estatuto, fizemos a primeira reunião na sede social da ABR Operária e conseguimos instalar a instituição legalmente em Batatais”, contou Krempel.
Na época, Krempel e os outros diretores da associação recém fundada na cidade começaram a visitar os pontos comerciais para convidar os comerciantes a fazer parte da ACE. “Tivemos muita dificuldade. Ninguém acreditava na nova associação, mas conseguimos cinco associados, depois mais 10, depois mais 15 e assim foi. Fiquei oito anos na presidência. Em seguida passei a presidência para José Anselmo Barcelos, que foi eleito na oportunidade, com cerca de 130 sócios. O Barcelos ficou mais uns 12 anos como presidente”, contou Krempel.

O fundador da ACE Batatais contou que a associação teve um excelente secretário, o dentista Adelelmo Tomazela, pois o estatuto da entidade permitia também a associação de profissionais liberais, mas não se sabe como, o livro de registros das atas desapareceu. “Esse livro tinha a data de fundação correta e o Adelelmo o perdeu. Procurei os familiares para tentar encontrar, mas ninguém sabe dizer o paradeiro do livro. Mas a associação já estava funcionando há algum tempo, comprou outro livro de registros na oportunidade e deu sequência e nem sei dizer quantos livros de ata já foram utilizados até os dias de hoje”, comentou.

Krempel comemora o desenvolvimento da ACE Batatais e tudo o que ela representa atualmente. “Aquela pretensão que tínhamos naquela época, graças a Deus rendeu bons frutos, pois o Barcelos foi meu sucessor, ele tentou fazer a sede própria da ACE na rua Coronel Joaquim Alves, mas teve dificuldades. Depois na administração do Sérgio Donizeti Xavier, ele foi um baluarte e conseguiu fazer esse prédio maravilhoso ao lado da rodoviária. Hoje a Associação Comercial é realmente uma entidade patronal que tem tudo para se impor e fazer a cidade crescer. Uma cidade só cresce com emprego e renda. Outro setor que poderia auxiliar esse crescimento é o turismo, que vai muito devagar, com muita história e poucas realizações”, ressaltou.

Krempel elogiou os atuais diretores da ACE Batatais. “A nossa Associação Comercial tem uma diretoria que trabalha bem, com a instituição sólida, muito bem organizada. A ACE teve alguns momentos de dificuldade, mas ela só cresceu nesses anos todos. O empresário tem muita força. Nós temos o PIB da cidade (Produto Interno Bruto), pois damos empregos. Quem trabalha tem um patrão que é sócio da ACE. Temos força econômica, política e social, principalmente política e a ACE deve tomar mais a rédea disso e passar a exigir mais do nosso poder executivo e fazer realmente a cidade crescer. Fico muito contente que a ACE esteja assim. Ela foi criada para unir os comerciantes e empresários. O comerciante ou empresário que ainda não for sócio da ACE, deve passar a fazer parte desta importante associação. A mensalidade de participação, perto dos benefícios que a ACE oferece, passa a ser um valor irrisório”, disse.
Encerrando, Krempel agradeceu pela oportunidade de poder contar a história da ACE Batatais. “Fico muito contente com a lembrança do meu nome neste aniversário da ACE e faço votos para que a nossa associação continue com a sua filosofia de trabalho, fazendo o impossível para que a cidade cresça realmente, que seja criado novos postos de trabalho, que a ACE faça parte dessas criações, auxiliando os setores industrial e comercial, com os empresários participando mais ativamente das reuniões da ACE. Não sou batataense. Fui agraciado com o Título de Cidadão Batataense e quando viajo, digo a todos que sou de Batatais e torço para que esse município chegue onde sempre sonhei, uma cidade pujante, com pessoas satisfeitas e contestes. Muito obrigado”, finalizou Krempel.

COMPARTILHAR