Aos gritos de “Vergonha”, Câmara Municipal aprova reforma administrativa

Foto: André Toffetti

Com a presença massiva do munícipe batataense, foi aprovado em segunda discussão na tarde desta terça-feira (6), na Câmara Municipal de Batatais, o projeto de lei enviado pelo Prefeito de Batatais, José Luis Romagnoli, que tem como objetivo organizar a estrutura administrativa da Prefeitura.

O projeto foi aprovado pela maioria dos vereadores, exceto por 4, sendo eles:
Andresa Furini, André Calçados, Mauricio Damascena e Ricardo Mele.

Além da criação de mais cargos comissionados, o executivo batataense fica livre para efetivação de cargos como: assessores, diretores, secretários, entre outros, que são nomeados, ou seja, são de livre escolha do prefeito.

O valor do salário, porém, foi alterado e irá variar de R$ 3.000 à R$ 7.000. Atualmente um diretor da administração municipal ganha cerca de 4.800, segundo o Portal da Transparência Pública.

Os vereadores que votaram favorável ao projeto foram;

José Antônio da Silva Junior (Zé da Farmácia)
Cláudio Faria (Boy)
Gustavo Rastelli
José Carlos Barbieri (Pastor Barbieri)
Júlio Eduardo Marque Pereira (Júlio do Sindicato)
Marcelo Arruda
Maria das Graças
Miguel Tosti
Ocimar dos Reis Oliveira (Cima)
Sebastião Santana Jr

COMPARTILHAR