Seja Digital distribui mais de 4 mil kits gratuitos para TV digital em Batatais

Famílias de Batatais e de outras 24 cidades da região de Franca inscritas em programas sociais do Governo Federal já podem verificar se estão participando da distribuição de kits gratuitos com antena digital, conversor e controle remoto. Os equipamentos permitem que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital, que será a única forma de ver TV após o dia 29 de novembro, com o desligamento do sinal analógico. Cerca de 67 mil kits gratuitos estão disponíveis na região, sendo mais de 4 mil para a cidade de Batatais.

A população deve acessar o site sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147 com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos e fazer o agendamento. “Os kits são retirados em local, dia e horário que as famílias escolhem no momento do agendamento pelo site ou pelo telefone”, afirma Daniela Honório, gerente regional da Seja Digital.

A Seja Digital é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal.

No dia 29 de novembro, o sinal analógico de televisão será desligado em Batatais e em outros 24 municípios da região de Franca. Após essa data, a programação dos canais abertos de televisão será transmitida apenas pelo sinal digital. Para continuar assistindo aos programas, todas as residências precisam ter uma antena digital e um aparelho de televisão preparado para receber o sinal digital.

Para identificar se sua casa está preparada ou se será necessário providenciar mudanças para continuar assistindo os canais abertos de televisão, as pessoas precisam saber que nem toda antena consegue captar o sinal digital. “A antena deve ser digital e a recomendação é que o modelo seja externo, instalado no telhado da casa. Além disso, se o aparelho for de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal e se a TV for de tela fina e não tiver o conversor embutido, também. Para ter certeza, o ideal é consultar o manual do fabricante”, explica Daniela Honório.

Além de Batatais, o sinal analógico também será desligado em Aramina, Barretos, Buritizal, Colina, Colômbia, Cristais Paulista, Franca, Guaíra, Guará, Igarapava, Ipuã, Itirapuã, Ituverava, Jaborandi, Jeriquara, Miguelópolis, Nuporanga, Patrocínio Paulista, Pedregulho, Restinga, Ribeirão Corrente, Rifaina, São Joaquim da Barra e São José da Bela Vista.

A principal vantagem do sinal digital é um aumento significativo na qualidade de imagem e som, que chegarão sem ruídos ou interferências aos telespectadores, além da possibilidade de ampliação da oferta de conteúdo relacionado à grade de programação das emissoras. “Trabalhamos para que a informação sobre o processo de desligamento do sinal analógico de TV chegue à população, para que todos estejam preparados o quanto antes para receber o sinal digital e viver essa nova experiência com qualidade de imagem e som de cinema, tudo gratuitamente. Nosso objetivo é não deixar ninguém para trás”, diz a gerente regional.

COMPARTILHAR